segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

AMOR REVELADO, AGORA ESQUECIDO


Penando em desistir

De uma vida a deixar

Vivendo a cada manhã

Longos pensamentos me consomem a mente,

O sol que brilha em meu rosto

O vento que bate em meu corpo

Não sou distante, eu sou feliz.

Contudo, fui cercado pela solidão

Quase entrar na depressão

Por viver uma grande paixão

Que se encheu como um balão.

O presente é o que importa

Do passado, quero a alegria

Que me deixou a sabedoria,

Seguir forte e tranqüilo meu caminho,

A felicidade esta em algum lugar,

Mas, o passado não volta

Ficará na memória e coração

Vou viver minha vida

Queria ser com você,

A alegria daquele tempo

De um tolo apaixonado.

 

SARAU © 2015 - 2016