sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

NOITE NEGRA


Pairando no ar

Uma guerra está surgindo,

Vampiros saem das sombras


Lutar ao lado de humanos

Viver é preciso.

Bem distante dali,

Dois jovens se despedem

Ao som de lagrimas no ar,

Gotas que escorrem por sua face

Dão lugar a um longo suspiro pairando

E surgindo apenas o carinho por quem irá partir.

Na lembrança de um coração ardente

Surgiu a esperança de uma vitória

O 'adeus' de quem irá morrer,

Terno, culto e sigiloso...

Uma morte aguarda a todos.

Na mais profunda escuridão,

Surgiu o anjo da esperança

Uma chance de esquecer a vingança

Querer redimir de pecados do passado

Ficando apenas com a maré de um estalo.

Vampiros, lobisomens e todos os que podem combater,

Daqueles que dão a vida por prazer

Apenas viver a vida que lhes foi dada.

Centenas de demônios reunidos

Sangue corre por todo o corpo

Somente é merecida por aqueles que sabem lutar

Lutar e viver,

Ou simplesmente em vão morrer

Por um mundo de ilusão

Que todos estão a cumprir...

Saber apenas que a vida

Aqueles que dela tiram proveito

Simplesmente,

Conhecem o significado da vida.

Para uma guerra estendida,

Ficou apenas o murmúrio de lutas

Aqueles que tanto vivem para suas vidas

Venceram e viveram paixões ardentes,

Viveram e amaram profundamente.

A Guerra é algo que traz apenas dores

De alivio por um amor que retorna,

Ou perdas que jamais serão esquecidas.

 

SARAU © 2015 - 2016